Princípios Políticos

O objetivo da nossa organização é criar uma sociedade livre organizada em torno dos seguintes princípios:

Democracia — Uma sociedade livre depende de uma mídia livre e organiza a vida cívica, social e econômica usando os princípios da democracia participativa decorrente da ação direta e da responsabilidade. As pessoas afetadas por uma decisão têm uma oportunidade de participar dela.

Igualdade — Todas as pessoas são acolhidas como parte de uma sociedade livre. Todas as pessoas são iguais e todo trabalho é igualmente valorizado.

Diversidade — Todas as pessoas em uma sociedade livre são diferentes, e espaço para sua diferença é fundamental para sua igualdade.

Segurança — Todo ser humano em uma sociedade livre tem acesso seguro às suas necessidades básicas de alimentação, moradia, saúde, informação, educação e transporte.

Criatividade — Uma sociedade livre valoriza cultura, arte e lazer como necessidades fundamentais. Toda pessoa tem o direito à sua própria cultura e à prática da expressão criativa.

Autodeterminação — Uma sociedade livre é descentralizada e todas as localidades são autônomas e autodeterminadas, desde que não infrinjam os outros princípios básicos de uma sociedade livre.

Interdependência — Comunidades em uma sociedade livre são dependentes umas das outras através da ajuda e troca mútua.

Justiça — Todas as pessoas têm o direito de ser livres da coerção, ameaça e violência. Uma sistema de justiça deveria residir na comunidade que afeta, procurar resolução em vez de vingança, e deveria trabalhar no sentido de abolir as prisões e cadeias autoritárias.

Paz — Uma sociedade livre usa conflito como uma oportunidade de aprender com experiências, opiniões e pontos de vista divergentes, com o objetivo de elaborar acordos e tomar medidas que afirmem a humanidade e os direitos básicos de todas as partes.

Ecologia — Seres humanos vivem em equilibrio com, e são parte do, mundo natural. Uma sociedade livre reconhece o direito à água potável, ar puro e comida livre de toxinas industriais e engenharia genética.

Economia — Em uma sociedade livre os meios de produção devem ser colocados nas mãos das pessoas, empoderando comunidades para organizar emprego significativo e fornecer um padrão de vida responsável e sustentável, que tenta atender às necessidades de todas as pessoas.