Mensagens seguras

Pôr em prática a segurança de mensagens consiste em criptografar suas mensagens para que elas possam ser lidas apenas pelas pessoas a quem se destinam. Por importante que seja a segurança de rede e de dispositivos, a criptografia de mensagens é necessária para garantir:

  • Confidencialidade: Apenas as pessoas escolhidas podem ler suas mensagens.
  • Autenticidade: Identificação das pessoas envolvidas na conversa.

Há alguns obstáculos à prática de criptografar mensagens:

  • Você deve ter seu próprio computador: A ideia é não confiar a criptografia das suas mensagens a outras pessoas. Por isso, o processo precisa acontecer no seu computador pessoal.
  • A curva de aprendizagem é íngreme: Para utilizar um programa de criptografia corretamente, você precisa de tempo para aprender conceitos importantes, tais como chaves públicas, chaves privadas, chaveiros etc.
  • O número de correspondentes é limitado: Você só pode trocar mensagens criptografadas com pessoas que usam o mesmo software que você.

É claro que essas garantias não se aplicariam se o seu dispositivo não fosse seguro.

Criptografia de mensagens

Ao que aqui chamamos de “criptografia de mensagens” refere-se tecnicamente como “criptografia de chave pública”. Abaixo, alguns conceitos:

  • Chave privada: Cada pessoa tem sua própria chave privada, que, como se pode deduzir, deve ser mantida em segredo. Você precisa dela para decodificar mensagens criptografadas enviadas a você.
  • Chave pública: Cada pessoa tem também uma chave pública para ser distribuída. Assim, alguém que queira enviar uma mensagem segura para você pode usar sua chave pública para criptografá-la. Apenas quem conhecer a chave privada correspondente poderá descriptografá-la.

Dicas para aprender a criptografar mensagens

Por vários motivos, usar criptografia de chave pública ainda é uma aventura. Lembre-se:

  • Seja paciente: A criptografia de chave pública exige o aprendizado de várias novas habilidades e conceitos e, por ainda ser pouco usada, pode parecer não valer a pena. Justamente por isso precisa, para estabelecer-se, que pessoas a desbravem.
  • Consiga correspondentes: Se encontrar alguém que, como você, usa criptografia de chave pública, pratique comunicar-se com essa pessoa de maneira segura.
  • Procure quem defende “a causa”: É comum que quem use a criptografia de chave pública goste de tentar convencer e ajudar outras pessoas a usá-la também. Alguém assim pode responder às suas perguntas.

Limitações da criptografia de mensagens

Com criptografia de chave pública, é possível ocultar o conteúdo de uma mensagem, mas não informações como remetente, endereço de destino e assunto, que ficam desprotegidas. Esses dados podem ajudar a traçar um quadro das suas associações, hábitos, contatos, interesses e atividades.

A única maneira de esconder sua lista de associações é usar um provedor de serviços que estabeleça conexões seguras com outros provedores. Veja alguns desses em nosso diretório de servidores.

Criptografe suas mensagens

Key Transition

An example key transition statement for you to use